Depois de receber comentários de ódio, a artista Ayqa Khan usou o Tumblr para “Falar sobre Pelos Corporais”.

Screen Shot 2016-01-24 at 04.16.22.png
Ayqa Khan, de 20 anos, fotógrafa e ilustradora digital moradora do Brooklyn, participou de uma matéria do Buzzfeed sobre uma série de ilustrações que ela criou baseada na “pressão social para as mulheres depilarem seus pelos”. De acordo com o que ela postou em seu Tumblr, ela recebeu muitos “comentários de ódio” no artigo. Em resposta, Ayqa, da primeira geração paquistanesa-americana, sentiu vontade de “compartilhar um pouco mais” sua perspectiva sobre o assunto, que vem, em parte, de ter que depilar seus pelos “nada femininos” desde que ela tinha 11 anos.
Ayqa escreveu:
“Acho que alguns dos comentários mais engraçados que li são os que giram em torno de ‘ela nunca vai se casar’, ‘depilar os pelos é higiênico e respeitável’ e ‘por que ela não milita a favor de questões femininas de verdade?’
O que mais me incomodou não foi a mente pequena das pessoas, mas sim a ideia de que isso não é uma questão importante ou relevante. Se não fosse importante, não haveria ódio. Uma MULHER atacar outra MULHER sobre o que fazer com seu próprio corpo é relevante para mim.
Minha mãe tem um salão de beleza onde ela fez com que eu me depilasse desde que tenho 11 anos de idade, porque ela achava que os pelos do meu corpo ‘não eram femininos’. O que me incomodava mais não era a dor da depilação, mas sim a ideia de que ela achava que algo natural em mim era ‘nojento’. Eu me sentia vista como um objeto, e não como um SER HUMANO. O pessoal da minha escola encarava os pelos grossos das minhas axilas com nojo. E, sim, isso fazia com que eu me sentisse insegura e indigna.
Enfrentar situações assim constantemente é nocivo para a saúde mental da pessoa. Construções sociais são difíceis de ser discutidas porque, na maioria das vezes, tudo pode ser ligado a uma opinião. E o que são opiniões? Não existem muitos fatos na criação de construções sociais, mas existem, SIM, fatos nos efeitos das construções sociais.
É importante para mim reconhecer a dor e os danos que vêm com essas construções. Existem muitas questões femininas pelas quais a sociedade vem lutando. Neste momento da minha vida, eu optei por me concentrar em criar um espaço de aceitação.”
Tradução: Carol Silveira
Texto original em: http://www.womenyoushouldknow.net/after-receiving-hate-comments-artist-ayqa-khan-took-to-tumblr-to-talk-about-body-hair/
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s